• 26 de agosto, 2019

Troque seus dados por vantagens

Com a popularização da internet, o aumento da quantidade de lojas online e com os novos hábitos de compras, muitas empresas foram obrigadas a inovar para se destacarem. Novas estratégias de marketing começaram a serem implantadas para atrair os clientes.

Desta forma, consumidores foram ofertados com as inúmeras vantagens oferecidas pelas empresas, com intenção de conhecer melhor o seu público, fidelizá-lo e lucrar com o volume de vendas.

As empresas sabem que os dados dos seus clientes são tão valiosos quanto os lucros. Como vimos neste post, dados têm sido a moeda de troca da atualidade.

Vamos destacar neste post 5 marcas ou segmentos que nos concedem benefícios em troca de colher os nossos dados.

O Beblue é uma plataforma para pagamentos em estabelecimentos comerciais físicos credenciados que gera cashback (dinheiro de volta) para o usuário em todas as compras. É preciso se cadastrar, baixar o aplicativo para Android ou iOS e preencher algumas informações cadastrais, em especial o CPF, que é a principal forma de identificar o comprador.

O Méliuz é uma startup brasileira que disponibiliza de forma gratuita cupons de desconto em diversas lojas online e devolve em dinheiro para o cliente. Parte do valor gasto em compras volta direto para a conta bancária (mais um conceito cashback). Ele possui mais de 3.000 lojas parceiras e devolveu mais de R$ 94 milhões aos clientes. A base de dados dos consumidores cadastrados no programa é de 12 milhões.

Drogarias e supermercados. Grande parte das farmácias, drogarias e rede se supermercados tem cartões fidelidade ou um banco de dados que cadastra CPF e telefone ou e-mail dos clientes para conceder descontos de acordo com cada perfil. Elas ainda fazem um controle do que adquirimos e sabe por exemplo quais laboratórios farmacêuticos, marcas, produtos mais consumimos, e em cima desses ns oferece descontos e promoções personalizadas.

Aplicativos. Quando baixamos apps estamos permitindo que tenha acesso ao nosso aparelho de celular. Ele passa a saber nossa localização, nossos costumes, fotos, entre outras coisas. Um bom exemplo é o querido Whatsapp, que você não paga dinheiro para usar, aceita os termos de uso e coleta de dados.

Eletrodomésticos. Esta é considerada uma das maiores surpresas para os consumidores: nossas smart Tvs escutam nossas conversas. Algumas marcas de televisores como a Samsung, captam o áudio ambiente e colhem nossas conversas, que podem ser transmitidos para serviços de terceiros.

Estamos cercados de produtos e serviços que colhem nossos dados, conhecem nossos passos e preferências. Apesar de ser extremamente chato, precisamos ler os termos de uso que são aceitos quando compramos um produto que se conecta à internet, por exemplo. Assim, devemos estar sempre atentos ao nosso comportamento online e o que ou quem permitimos que nos conheçam, mesmo que em troca sejamos beneficiados com algumas vantagens.

Cléo Soares

Cléo Soares

Olá, sou graduada em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas e Jornalismo, pós graduada em Gestão Empresarial pela FGV, atuando como Analista de Marketing da Usabit.